Cantor engravidou cunhada com mulher no quarto ao lado

Muita gente ainda não entendeu ou está confusa sobre o imbróglio familiar envolvendo a atriz Letícia Almeida, o ex-namorado Saulo Pôncio, a ex-cunhada Sarah Pôncio, e o ex-concunhado Jonathan Couto. Letícia teve uma filha, que foi registrada por Saulo, mas que na verdade é filha de Jonathan, casado com Sarah.

Os bastidores dessa história, que veio a público esta semana, é contada pelo pai de Saulo e Sarah, o pastor Márcio Matos, da Igreja Pentecostal Anabatista, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Ele informa ainda que a ex-nora está movendo um processo na Justiça para excluir a paternidade de Saulo e incluir a de Jonathan na certidão de nascimento da criança. “Nossos advogados estão cuidando disso para que tudo corra em sigilo, afinal envolve uma menor de idade”, avisa o pastor.

“Letícia era obreira da nossa igreja, todos se conheceram lá. Ela e meu filho, Saulo, tiveram um namoro conturbado, de idas e vindas. Numa destas voltas, o Saulo foi fazer um show em Brasília, e sabe como é jovem… Ela teria ficado sabendo que ele estava lá de brincadeira com umas meninas e não gostou”, relata o pastor.

Segundo Márcio, ao saber disso Leticia foi até a casa de Jonathan e Sarah a fim de desabafar. “Não sei se por vingança, raiva. Não sabemos o que se passa no coração do outro”, observa. Jonathan, que também é músico (foi da banda P9), estava com amigos, bebendo vinho e levando um som. Sarah, que já estava grávida do primeiro filho, decidiu dormir mais cedo. “Letícia ficou lá com o Jonathan e aconteceu de eles terem uma relação”, revela o pastor.

Algum tempo depois, Letícia já terminada com Saulo, ela apareceu com a notícia da gravidez. “Ela procurou meu filho e disse que estava grávida dele. Imediatamente, ele assumiu a responsabilidade e a levamos para minha casa, fizemos um quarto para ela e o bebê, e eu pensava que desta vez eles iriam se acertar”, diz Márcio, que garante ter pagado todas as despesas de pré-natal e parto da atriz.

A harmonia reinou até Maria Madalena nascer. Foi quando Saulo começou a receber mensagens nas redes sociais que apontavam outros relacionamentos de Letícia enquanto estiveram juntos, antes da gravidez. “Ele ficou incomodado, conversou com ela e disse que queria um teste de DNA. A Letícia topou numa boa”, recorda o pastor.

O resultado, de acordo com o pastor, foi forjado pela ex-nora. “Letícia recebeu o resultado no próprio e-mail e ela sabia que tinha dado negativo. Mas não sei como forjou e apresentou um exame que dava positivo para a paternidade dele”, concluiu. 

Por EXTRA